Application

Estados unidos

Como você deve imaginar, o processo de application (aplicação) para universidades americanas é muito diferente do processo de entrar em universidades basileiras.

Por isso, para te guiar nessa trajetória, contaremos o que você deve fazer para enviar sua application a tempo, ou melhor, antes da application deadline.

Todos os fatores que consistem a application são válidos a partir do 9º ano.

Durante o processo de application, os seguintes aspectos são considerados or universidades norte-americanas:

notas acadêmicas

Ao realizar o processo de aplicação, o estudante terá de enviar suas notas escolares a partir do 9º (nono) ano para fazer uma média dos últimos 4 anos escolares.

Na maioria das vezes, as suas notas do ensino médio serão convertidas para o Grade Point Average (GPA). O GPA é uma escala de notas que, quando não considerado créditos extras (mais informações em breve), vai de 1 (nota mínima) a 4 (nota máxima). Como você deve estar pensando, o sistema de notas brasileiro certamente não vai de 1 a 4 e, justamente por isso, o estudante que for aplicar deve "traduzir" suas notas para o GPA.

Além disso, é preciso ter em mente que não basta você ter notas boas, é  importante que você esteja qualificado entre os melhores de sua turma caso pretenda aplicar para universidades de baixa taxa de aceitação. Nesse caso, a maioria das universidades vai pedir para sua escola um rankeamento de seus alunos que demonstrará em que posição você está, tal como 50%, 10% ou 5% dos melhores alunos. Por exemplo, na sua escola você pode tirar somente notas 9, mas estar entre os 25% melhores alunos. Enquanto isso, outro aluno pode tirar as mesmas notas, mas na escola dele ele está entre os top 5%.

Provas Padronizadas

Para aplicar para uma universidade do exterior, você deve realizar provas padronizadas. Você pode optar entre quais vai fazer, mas deve fazer o SAT ou o ACT (se quiser, é possível você fazer as duas). Além disso, você deve optar entre o TOEFL e o IELTS.

SAT e ACT

 

SAT é uma prova padronizada que avalia o estudante em três (ou quatro) habilidades:

  • Reading (leitura e interpretação de textos)

  • Writing (organização e estrutura de textos)

  • Math (com e sem calculadora), contando com um raciocínio rápido.

  • Além disso, o Essay, ou escrita de textos é opcional, por isso é extremamente recomendado que o estudante pesquise se é um requisito para a universidade que deseja aplicar.

   ACT é uma prova padronizada que avalia o estudante em quatro (ou cinco) habilidades:

  • English (pontuação, interpretação, organização e estrutura de textos)

  • Math (com calculadora)

  • Reading (leitura e interpretação de textos)

  • Science (ciências naturais)

  • Além disso, o Writing, ou escrita de textos é opcional, por isso é extremamente recomendado que o estudante pesquise se é um requisito para a universidade que deseja aplicar.

Clique aqui caso queira saber mais sobre o SAT e ACT!

TOEFL e IELTS

 

   TOEFL é uma prova padronizada que avalia o estudante em quatro habilidades:

  • Reading (Compreensão e interpretação de textos)

  • Listening (Compreensão auditiva)

  • Speaking (Habilidade de comunicação e compreensão)

  • Writing (Habilidade de escrita diante de uma situação)

   IELTS é uma prova padronizada que avalia o estudante em quatro habilidades:

  • Reading (Compreensão e interpretação de textos)

  • Listening (Compreensão auditiva)

  • Speaking (Habilidade de comunicação e compreensão)

  • Writing (Habilidade de escrita diante de uma situação)

Clique aqui caso queira saber mais sobre o TOEFL e IELTS!

Ah! E você pode realizar quantas vezes quiser essas provas e sempre a nota mais alta prevalecerá!

Além disso, uma grande dica é realizar as provas padronizadas com antecedência, visto que, depois de atingir um pontuação que lhe satisfaça, você não precisa mais realizar a prova, podendo se focar em outras atividades.

Mas aí você se pergunta: o que é uma pontuação alta?

Bom, isso depende da universidade que você quer entrar! Para saber a média dos últimos alunos que entraram na universidade no último período de aplicação, pesquise o nome da universidade + (nome da prova).

Mas não se esqueça que, por mais que essa prova seja um critério obrigatório e uma nota alta seja um excelente fator para entrada nas universidades, a nota dessas provas não garante o ingresso na universidade, diferentemente do processo brasileiro. Por isso, continue lendo para entender sobre tudo que consiste a application!

Clique aqui para saber detalhes específicos de cada prova! 

Todas as atividades extracurriculares realizadas e certificados e premiações recebidos a partir do 9º ano poderão ser enviados na application. Além de ser um diferencial do aluno, mostra os seus interesses para que, dessa forma, possa-se ver se o perfil do aluno se adequa à universidade. Além disso, é importante ter em mente que quantidade não é qualidade em relação às extracurriculares. Ou seja, não adianta você fazer mil atividades que não tem a mínima relação uma com a outra e que não refletem quem você realmente é e o que você realmente gosta. Sobretudo, as universidades também busam estudantes que, através de suas atividades extracurriculares, conseguem melhorar e auxiliar a sociedade em que eles vivem.

Caso queira saber recomendações de quais atividades extracurriculares fazer, como será avaliado e outras dicas clique aqui!

Essays

Depois que você completou todos os passos acima, realizou todas as provas, dedicou-se para as atividades extracurriculares, chegou, finalmente, a hora de impressionar os diretores de admissão das universidades!

Como último passo para aplicação, o estudante deve enviar Essays (redações) de inscrição para a faculdade que, normalmente, devem ter cerca de 200-800 palavras, que podem significar a diferença entre aceitação e rejeição. Você passará muitos dias pesquisando e elaborando suas redações, mas os oficiais de admissão terão apenas alguns minutos para realmente lê-las, então você precisa chamar a atenção deles.

Caso queira saber dicas de como escrever uma Essay, quais pontos focar e o que não fazer, clique aqui!

Cartas de recomendação

Por incrível que pareça, este é um processo que não é feito pelo aluno, mas sim por seus professores e coordenadores! Nessa parte do processo, o aluno deve pedir para que dois de seus professores (de preferência aqueles que possui uma maior conexão e que vem se dedicando na disciplina e mostrando características positivas) e o(a) coordenador(a) para que escrevam uma carta sobre o aluno, dizendo como ele era e suas características marcantes.

 

Por isso, é muito importante a relação aluno-professor e o interesse e engajamento, por parte do aluno, nas aulas durante o período escolar.

Dica: Não peça para professores de disciplinas que não existam no exterior, como sociologia e atualidades, pois os avaliadores podem não ter noção do que se trata a disciplina. Busque pedir cartas de recomendação para professores que lhe deram aulas por mais de 1 ano, pois eles provavelmente terão mais conhecimento e opiniões sobre você.

Early decision

e early action

Antes realizar a application para as universidades, é muito importante levar em consideração que muitas universidades oferecem o Early Decision (ED) e o Early Action (EA), por isso separamos abaixo as diferenças entre elas.

Os benefícios de uma application atecipada

 

Para um aluno que tem uma faculdade de primeira escolha definitiva, a inscrição antecipada tem muitos benefícios, além de possivelmente aumentar a chance de entrar.

A inscrição antecipada permite que o aluno:

  • Reduza o estresse diminuindo o tempo gasto à espera de uma decisão.

  • Economize tempo e despesas ao enviar várias applications.

  • Ganhe mais tempo, uma vez aceito, para procurar moradia e se preparar para a faculdade.

  • Reavalie as opções e aplique em outro lugar, se não aceitas.

Os planos de Early Decision são obrigatórios - um aluno que aplica em forma de Early Decision e é aceito, deve frequentar essa universidade obrigatoriamente.

Os planos de Early Action não são obrigatórios - os alunos que aplicam em forma de Early Decision e são aceitos, recebem uma resposta antecipada à sua inscrição, mas não precisam se comprometer com a faculdade até a data normal de resposta, 1º de maio.

Quem deve e não deve applicar "Early"?

Vale destacar que algumas faculdades oferecem uma opção não obrigatória chamada single-choice early action, segundo a qual os candidatos não podem aplicar Early Decision ou Early Action à qualquer outra faculdade.

INTERVIEW

Dependendo da universidade que você aplicar e do modo que você aplicar (EA ou ED), é possível que a universidade peça para te entrevistar. Muitas vezes, ocorre da entrevista ser com um aluno da própria universidade, podendo conversar com alguém lá de dentro!

Lembrando que não são todas as universidades/todos alunos que aplicam para uma universidade que precisa realizar uma entrevista!

well done!

Tudo pronto! Parabéns! Agora o que falta é esperar

a decisão das universidades que você aplicou!

O meio pelo qual cada universidade envia o resultado

de aceitação (acceptance letter) pode vir tanto pelo

email do aluno quanto pelo portal da universidade!

Na maioria das vezes, o resultado sai no ano

seguinte, mas pode variar caso você

tenha optado pelo early decision

Após receber os resultados (caso não tenha

aplicado em ED ou EA, você terá o tempo de

escolher a universidade que irá se matricular até

Maio! Ou seja, terá tempo o suficiente para

tomar a decisão dos seus sonhos!

Formando.png

QUER UM GUIA PARA CADA COMPONENTE DA SUA APPLICATION?

Esse pode ser o primeiro passo para realizar o seu sonho. Um ebook gratuito com todas as informações para você aplicar para o exterior.

Por Onde Eu Começo.png