Gabriella Zaffari - Uni Indeterminada


 

Nome: Gabriella Zaffari


Class: 2025´



Universidade: Indeterminada


Major: Business

 

Por que você decidiu estudar fora?


"Eu decidi estudar fora há muitos anos atrás por que acredito que é uma experiência incrível não só em questão da educação que eu vou receber lá, mas também porque é uma grande oportunidade para desenvolver o meu crescimento pessoal. Eu sempre tive muito a idea de explorar o mundo e sair da minha zona de conforto."



Qual dica daria para quem pretende aplicar?


"A dica que eu daria é para prestar muita atenção na sua organização e começar cedo. A organização é vital nesse processo. Pesquise muito sobre as faculdades que você quer ir, a localização delas e o tipo de ensino. Muitas vezes você acha que gosta de um lugar só pelo ranking ou pelo nome, nem sempre é assim. Eu tive muita sorte de começar cedo e terminar minhas aplicações até a metade de dezembro, mesmo tendo aplicado para quinze universidades. Terminar tudo de última hora é muito estressante. Outra dica muito importante é a que a minha conselheira da escola sempre nos falava. Ela dizia que a universidade certa sempre vai nos escolher, tem vezes que tu acha que quer muito ir para um lugar mas no final tu percebe que não era o teu perfil. Não se abale com as rejeições."



Por que escolheu esse major?


"Business foi algo que eu sempre tive interesse em fazer porque nos Estados Unidos é uma área muito ampla. Acho que é um ótimo major para construir uma base e pode se aplicar em qualquer carreira. Se eu tivesse escolhido ficar no brasil, não sei se escolheria isso para estudar. Nos EUA existem várias "concentrations" como eles chamam, então os alunos têm a oportunidade de se especializar em coisas como Entrepreneurial Startups, Supply Chain Management, Global Business and Strategy e Fintech, opções que não são tão comuns no Brasil."



Qual foi a parte mais difícil do processo de aplicação?


"Com certeza a parte mais difícil foi escrever meu Personal Statement e os meus suplementos. Como eu não ia mandar nenhum SAT ou ACT, sabia que esses eram muito importantes para a minha aplicação. O Personal Statement é um dos únicos jeitos pra mostrar pra admission quem tu realmente é além das tuas notas e extracurriculares, então demora muito pra conseguir um resultado bom."



Onde você vai estudar?


"Eu ainda não recebi todos os resultados, mas tenho duas faculdades que são as minhas preferidas que eu já passei. Uma é Northeastern em Boston, e a outra é University of Michigan em Michigan. Northeastern é uma faculdade com um número muito grande de alunos internacionais e tem um currículo de business excelente. Existem diversos majors que me chamam muita atenção. Mas acho que o mais marcante da faculdade é o programa de Co-Op deles. No co-op os alunos podem fazer até três semestres de co-ops onde eles param de estudar e vão trabalhar em uma empresa da sua área de especialização. Tem todo o processo de résumé e de entrevistas para conseguir os empregos. Já a UMich, a universidade de business deles é uma das melhores dos Estados Unidos e também tem um currículo incrível que muitas faculdades não têm, mas eu ainda to na espera pra ver se passei em business lá."



Como é a sensação de receber, finalmente, o tão esperado resultado?


"É uma das melhores sensações do mundo. Quando chega o e-mail da faculdade dá um frio imenso na barriga. Mas quando você é aprovado vem um sentimento de alívio e muita felicidade claro. Receber essa notícia prova que o esforço de tantos anos valeu muito a pena."



O que irá fazer até o dia do seu embarque para a universidade?


"Com a pandemia meus planos foram bem afetados, mas consegui adaptar alguns deles. Eu fiz uma "bucket-list" com todos os meus desejos. Em geral é tentar passar muito tempo com a minha família e amigos. Queria aprender a cozinhar também e visitar lugares que marcaram a minha vida aqui, como o Beira-Rio e a casa dos meus avós."



Pretende se envolver com atividades extracurriculares e clubes?


"Sim, como eu me envolvi em muitas atividades durante o ensino médio pretendo fazer o mesmo na universidade. Gostaria muito de participar em serviços comunitários e clubes de business na faculdade em si. Também quero fazer parte da BRASA, uma associação de estudantes brasileiros no exterior. Acho que é um jeito de fazer um networking com brasileiros que estão estudando fora e ainda matar um pouco da saudade de casa."